Você sabe o que é um fluxograma de processo? Descubra agora!

O fluxograma de processo é uma ferramenta gráfica, que visa apresentar o fluxo de ações e de decisões em um ponto do negócio, ou seja, é uma forma de criar um “mapa”, o qual identifica os passos necessários desde o início de um processo até o seu encerramento.

Ele pode ser usado em diversos procedimentos e, principalmente, busca auxiliar a gestão em suas obrigações. Desde que executado corretamente, é um grande facilitador da tomada de decisão.

Neste post, exploraremos o funcionamento de um fluxograma de processo e quais são suas características. Acompanhe!

Qual a composição desse elemento?

Podemos dizer que cada fluxo é dividido em três partes — a entrada, o processamento e a saída:

  • a entrada é o “gatilho” que dispara a etapa, como a chegada de matéria-prima em uma indústria;
  • o processamento inclui as ações necessárias para que todo o procedimento ocorra e ele pode corresponder à separação dos materiais e preparação para uso;
  • a saída é o resultado, por exemplo, de obter o conjunto de itens prontos para entrarem no processo produtivo.

O fluxograma pode ser simples, quando observado de modo micro, ou complexo, se analisado de maneira ampla. Cabe à gestão identificar o que faz mais sentido para cada momento.

Além disso, ele conta com diversas formas, como losangos, círculos e retângulos, que ajudam a indicar determinada ação ou aspecto de maneira totalmente visual.

Como elaborar um fluxograma de processos?

Nossa primeira recomendação para criar esse fluxo é selecionar qual processo será analisado. Se a intenção é verificar a etapa produtiva, por exemplo, ela deve ser vista como um todo ou apenas em parte? Respostas a questões como essa, podem ser direcionadas à “lupa”.

Ainda, recomendamos padronizar o significado das formas desde o começo. Se o retângulo sempre indica uma atuação, ele deve ser usado assim, sem mudanças, para que todos possam reconhecê-lo.

Por fim, é o momento de “traduzir” as ações e os fluxos de maneira gráfica. Tudo deve ser apresentado na exata sequência em que acontece, pois é somente ao ser realista que é possível implementar melhorias.

Quais os benefícios de utilizá-lo?

Nossas recomendações sobre o fluxograma de processo são justificadas pelos benefícios que ele traz. Quando bem aplicado, é capaz de transformar a maneira como é feito o gerenciamento. Na sequência, apresentamos os motivos.

Identificação e correção de disfunções

Com um bom fluxograma, é possível ter uma visão clara e ampla do negócio e dos procedimentos. A partir dessa análise gráfica, dá para definir se existe alguma distorção ou possibilidade de melhoria.

Se for bem desenvolvido, ele funcionará como uma foto da organização. Assim, será possível tomar boas decisões, sem desconsiderar responsabilidades ou ligações entre setores. Ao final, haverá um reforço na abordagem.

Padronização de processos

Outro ponto interessante é que é possível estabelecer, por meio do fluxograma, como cada etapa deve acontecer. É algo que leva a uma padronização de atuação, de modo que certas decisões ou ações sejam sempre iguais.

Isso ajuda a melhorar o controle e, principalmente, a qualidade do que é obtido. Desse jeito, haverá potencial para obter um desempenho ampliado.

Maior produtividade

Ainda, um bom fluxograma de processo permite que todos fiquem por dentro do que precisa ser executado a cada momento. Ao afastar as dúvidas, existirá um ritmo otimizado e um nível maior de produtividade.

A correção das distorções também é essencial para evitar problemas e erros. Com um fluxo longe da burocracia e dos retrabalhos, é possível melhorar a capacidade de desempenho.

Como vimos, o fluxograma de processo é uma ferramenta gráfica que, acima de tudo, oferece visibilidade sobre o negócio. Por isso, funciona muito bem para aumentar a qualidade da gestão e de atuação do empreendimento.

O conteúdo foi útil? Que tal continuar a aprender e descobrir, ainda, como reduzir a burocracia na empresa com alguns passos simples?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *